Make your own free website on Tripod.com

"There is no way to avoid the advance of years
except by dying, and there is no great fun in that".
-Isaac Asimov

Cidade de São Paulo… prédios altos, ar pesado e impuro; sufocante. Passos rápidos e certeiros… o medo te assola. Um grito! Seria outro ladrão? Mais uma vida inútil se esvaindo? Sentidos aguçados, incerteza na visão. Uma sombra, alguns carros, rostos estranhos. A noite é fria e traiçoeira. 
O labirinto de ruas te confunde a cada instante. O cheiro da morte te persegue. Os pobres jogados na calçada te olham… eles querem o que você tem, por mais que não valha nada.
Quanto vale a sua vida? Acordando cedo para trabalhar como um imbecil, com pouco retorno… Você não quer ir para casa, ter mais problemas, apenas um bar te consola. 
Fugindo da realidade, fugindo da sua vida. Olhos em suas costas. Uma cerveja, pessoas como você querendo companhia e liberdade. Mas a recompensa nem sempre é certa.
Você sabe que eles estão lá, te observando, sabem a sua hora, sabem quando todo aquele sofrimento vai acabar. Sabem que terá outra chance, e mais outra se preciso for. Mas você se agarra ao seu mundinho fútil e tenta continuar caminhando. Não pode ficar parado, não pode deixar de existir. Você tem muito o que fazer, mas tem que fazer logo!
Eles sempre estarão com você… com todos… cumprindo o seu dever.